quarta-feira, 14 de setembro de 2011



O PORTAL 11:11
O Portal 11:11 é um período de 20 anos, que foi aberto em 11 de Janeiro de 1992 e se fechará no final de 2011. Durante este período de 20 anos está ocorrendo uma mudança gradual de modelos tanto internos como planetários e cósmicos. Nossa consciência está deixando de se identificar com o modelo da dualidade e está passando a se identificar com o modelo da Unidade. O Portal 11:11 é marcado por uma sobreposição destes modelos e hoje vivemos, ao mesmo tempo, estas duas realidades. Em 11 de Novembro de 2011 estes diferentes modelos de evolução irão se separar definitivamente.


Abertura do Portal 11:11 no Egito em 92
A dualidade é marcada por dois aspectos principais: pela polarização de todos os aspectos da vida feitas por nossa visão limitada da realidade e pelo sentimento de "não pertencer" e de não fazer parte de um Todo Maior. É uma forma antiga de viver, onde não reconhecemos nossa perfeição e plenitude e projetamos nos outros culpas e falhas. O importante deste momento interno e externo é que a dualidade está vivendo seus dias finais. A situação planetária é um reflexo disso. Todas as instituições, governos e sistemas financeiros que não estiverem na Integridade entrarão em colapso. Apesar de ser uma fase complicada, ela é necessária, já que é um marco, um ponto de virada definitivo. Da mesma forma, todos os desastres naturais que têm acontecido de maneira tão intensa nada mais são do que ajustes que o planeta está fazendo, para sustentar o modelo da Unidade, e deixar que a dualidade marcada por tantos abusos seja deixada para trás definitivamente.

A UNIDADE é a característica inerente dos seres humanos, nossa base esquecida. Antes de nossa descida à matéria, fomos programados através de códigos de Luz e Som na nossa matriz genética espiritual, a "despertar" quando a hora certa chegasse. E esta hora é AGORA.


Muitos de nós têm visto o número 11:11 com freqüência, tanto em relógios digitais como em placas de carro, etc. O significado mais profundo que se pode atribuir a essas visões é o de que o pré-estabelecido anteriormente à nossa manifestação física está finalmente acontecendo e que temos que despertar da ilusão da dualidade para podermos prosseguir em um vida de Consciência, de Visão e de Unidade.

É hora de enxergarmos as coisas como elas realmente são e sairmos do nossos modelos limitantes de não-ação, de resignação e de apatia frente a nós mesmos e frente a vida.

Durante este período de 20 anos temos 11 grandes Ativações Planetárias, Portais dentro do Portal 11:11. Seria impossível para o Ser Humano deixar um modelo corrompido e obsoleto de divisão e separatividade e abarcar o modelo de união total com tudo e com todos de uma hora para a outra. Por esta razão, durante este período, ONZE PORTAIS tem que ser abertos.

A pessoa que coordena o 11:11 no mundo é a Solara, uma americana que reside atualmente no Havaí. Em um dia de Ativação de Portal, um grupo de pessoas do mundo todo se reúne em um determinado país para receber as novas energias que estão entrando no planeta pela primeira vez. A Solara é a pessoa que coordena este grupo mestre que é denominado Cilindro Mestre.

Ao mesmo tempo, centenas de grupos denominados Grupos-Âncora se reúnem nos mais variados países para receber estas energias que são ancoradas no planeta pelo Cilindro Mestre e ancoram-nas em suas cidades e no planeta como um todo. O que ativa um Portal do 11:11 é a Unidade formada entre o Cilindro Mestre e os Grupos Âncoras. Desta maneira, fica disponível para toda a humanidade um novo nível de consciência a partir da Ativação.



Cilindro Mestre do Sétimo Portal na Índia - Procissão de camelos e elefantes para chegarem ao local da Ativação

Cada Portal possui uma nota chave que afeta diretamente nossas matrizes pessoais e planetárias. O último Portal aberto foi a segunda parte do Oitavo Portal, em 5 de Junho de 2009 cujo Cilindro Mestre estava localizado no Lago Titicaca, na Bolívia.

Dentro deste período de vinte anos do Portal 11:11, uma das coisas que está acontecendo é um fortalecimento e uma transformação de nosso corpo emocional. O corpo emocional sustenta o nosso velho conceito de chacra cardíaco que é seletivo na geração e distribuição de amor, e ainda está em sintonia com a dualidade. Quando compreendemos que não estamos sós, e que há uma força coletiva que se chama Ser Único, geramos um novo nível de amor que se chama Amor Maior, sustentado por nosso Coração Único, que é comum a todos e não pode ser partido. E este é só o primeiro passo. O próximo nível de evolução do nosso corpo emocional é o Coração de Lótus, que traz novamente um elemento de amor pessoal, em um nível muito mais expandido de Amor que denominamos Amor de Lótus. O Lótus é uma planta completa, um símbolo de inteireza de nossos Eus. Fazem parte da realidade do Lótus: o lodo, as raízes que estão ancoradas no lodo, a água, as folhas que equilibram a planta e as flores que se projetam em direção ao cosmos. O Amor de Lótus é o amor inteiro. Não existem mais metades que se completam e sim dois inteiros compartilhando a sua inteireza. Este é o novo modelo que está disponível para todos. O Amor de Lótus é claro e limpo, sem jogos, sem subterfúgios, sem esconderijos internos. É a nossa nova fundação. A partir daí podemos levar as nossas relações para este nível e construir novas relações neste padrão. Um salto enorme na nossa consciência e na construção de nossas realidades.

O próximo nível de amor disponível após a ativação da segunda parte do Oitavo Portal é o Amor Puro do Coração, a pura essência do amor.

Tendo chegado a esse novo patamar, o Ser Único é ativado de maneira mais profunda, porque agora aprendemos a nos posicionar como Seres Verdadeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Membros do blog